Integração entre MES e APS

Explorando Integrações do MES: Maximizando a Eficiência Operacional com a integração entre MES e APS

Continuando em nossa série “Explorando Integrações do MES”, chegamos a um ponto interessante: a integração entre o MES (Manufacturing Execution System) e os sistemas de APS (Advanced Planning and Scheduling).

Neste capítulo, analisaremos como a sincronização entre essas ferramentas é uma poderosa aliada para impulsionar a produção eficiente e precisa.

 

Aliando Planejamento e Execução: Derrubando Barreiras

O sistema APS é uma ferramenta que permite um sequenciamento assertivo da produção levando em consideração variáveis como as demandas, recursos e gargalos, através da coleta de informações do chão de fábrica.

O histórico conflito entre planejamento e execução é inerente à produção industrial.

Os programadores do PCP (Planejamento e Controle da Produção) muitas vezes idealizam um plano otimizado, enquanto os operadores lidam com a realidade das operações no chão de fábrica.

Aqui, a conexão entre o MES e sistemas de APS entra em jogo como uma ferramenta para mitigar esses conflitos.

O APS atua no planejamento, considerando variáveis como demandas e recursos, enquanto o MES guia a execução no chão de fábrica e mede o OEE das máquinas, realimentando o APS com a eficiência real das máquinas para que este atualize a capacidade produtiva da fábrica, permitindo que planejamento e execução trabalhem em sintonia.

 

Benefícios da Integração: Produção Ajustada e Padrões Elevados

Além das vantagens anteriormente mencionadas, a conexão entre o MES e sistemas de APS traz outras vantagens notáveis:

  • Planejamento Adaptável: A comunicação direta entre os sistemas permite ajustes dinâmicos no planejamento à medida que surgem novas informações, garantindo que a produção seja flexível e adaptável.
  • Utilização Eficiente de Recursos: A integração assegura a alocação otimizada de recursos, evitando subutilização ou sobrecarga, resultando em uma operação mais eficiente.
  • Antecipação de Desafios: A colaboração entre planejamento e execução facilita a identificação precoce de problemas potenciais, permitindo ações corretivas antes que afetem a produção.

 

Exemplo Prático: Coordenação Harmoniosa para uma Produção Eficiente

Considere uma empresa que integrou com sucesso o MES com sistemas de APS. O APS cria um plano de produção otimizado considerando a demanda e os recursos disponíveis.

Esse plano é transmitido ao MES, que inicia a execução no chão de fábrica.

À medida que a produção avança, o MES fornece informações sobre paradas não planejadas, perdas de velocidade e qualidade, possibilitando ajustes precisos no APS, garantindo a sincronização entre planejamento e execução.

 

Conclusão: Maximizando a Sintonia na Indústria 4.0

A conexão entre o MES e sistemas de APS é um elo técnico que é fundamental para a eficiência na Era 4.0.

Nossa missão de simplificar a jornada 4.0 dos nossos clientes continua sendo nossa âncora.

Continuem nos acompanhando nesta série para explorar em profundidade cada integração técnica e seu impacto na otimização operacional.

No próximo artigo, abordaremos a integração do MES com sistemas de PLM (Product Lifecycle Management), analisando como essa ligação aprimora a gestão de documentos e as decisões informadas.

 

 


    Receba nossos novidades

    Uso de Cookies

    Este site usa cookies para melhorar a sua experiência online. As informações detalhadas sobre o uso de cookies deste site estão disponíveis em nosso Aviso de Privacidade. Ao continuar acessando o site você concorda com a nossa política de uso de cookies.

    Mais informações aqui Sim, eu concordo