Como identificar os gargalos em seu processo produtivo?

Identificar falhas no processo produtivo da empresa é uma tarefa árdua e que não acontece de um dia para o outro. No entanto, muitas empresas têm o hábito de manter determinados procedimentos, mesmo sem apresentar mais a efetividade que demonstrava no passado.

Por fazer parte das atividades diárias, pode ser uma boa forma para começar a identificar os gargalos em seu processo produtivo. Acompanhe!

Como identificar os gargalos no processo produtivo

Os gargalos em um processo produtivo são um impasse, que cria barreiras para o alcance de metas e objetivos estabelecidos pela empresa. No entanto, podemos resolver esses problemas com algumas soluções simples. Conheça sete dicas valiosas:

1. Mapeie e avalie os processos empresariais

Faça um mapeamento dos processos realizados e avalie o desempenho atual de cada um. Os gargalos são justamente aqueles que por diferença de capacidade ou simplesmente de desempenho restringem a capacidade produtiva. Muitos têm uma larga escala de oportunidades de melhoria não exploradas.

Se encontrar dificuldades para essa primeira etapa, pesquise os processos produtivos que as concorrentes adotam. Quais suas dificuldades enfrentadas e as soluções utilizadas para superarem os gargalos.

Isso o ajudará a manter a sua empresa em um maior nível de competitividade perante os concorrentes.

2. Identifique os problemas e suas causas

Liste os problemas críticos, que diminuem a eficiência do seu processo produtivo e, ainda mais importante, o que causam esses gargalos. Faça isso através de reuniões, que permitam a equipe apontar erros ou falhas que talvez você não esteja enxergando.

3. Busque soluções e desenvolva um plano de ação

Agora, você já pode buscar uma ou mais soluções para cada gargalo do processo produtivo. Se isso for difícil fazer sozinho, que tal contar novamente com a equipe para, juntos, encontrarem soluções criativas e eficientes através de um brainstorming, por exemplo?

Assim você manterá a equipe unida e integrada com o comprometimento de cada um, como parte do processo de mudanças. Tudo isso tornará mais fácil a elaboração de um plano de ação consistente e que funcione na prática.

4. Execute o plano de otimização dos processos

Para garantir a efetividade do plano, envolva sempre a equipe em seu plano de otimização dos processos produtivos. Da identificação de problemas, passando pela busca de soluções até a elaboração e execução de um plano de ação.

5. Avalie o desempenho do plano de ação

Nem sempre o plano de ação desenvolvido será a solução para o gargalo nos processos produtivos. Por isso, avalie sempre o desempenho do seu plano de ação para medir se os resultados são satisfatórios ou exigem um plano B.

6. Pesquise soluções alternativas

Não desconsidere as outras opções apresentadas como soluções alternativas nas reuniões com a equipe. Elas serão fundamentais para o desenvolvimento de um plano B, caso o plano de ações não apresente os resultados esperados na avaliação de desempenho.

7. Adote um Overall Equipment Effectiveness (OEE)

O Overall Equipment Effectiveness (OEE) é muito conhecido pela sua eficiência em resolver gargalos em um processo produtivo.

Com ele, é possível desenvolver uma estratégia de gestão e melhoria contínua de máquinas e equipamentos, o que o torna muito útil na identificação de perdas com o intuito de reduzir os custos de produção.

Esse indicador permite uma análise mais apurada dos resultados para garantir ao gestor industrial que decisões deve tomar para eliminar ou diminuir os prejuízos com o processo produtivo e, por isso, é extremamente recomendável para o gestor que pretende otimizar os processos produtivos da sua empresa.

Com a ajuda das ferramentas listadas acima, é possível localizar e solucionar o problema, de forma eficiente para proporcionar a correção das falhas apresentadas nos processos produtivos, e consequentemente, a sua manutenção ao longo do tempo.

    Receba nossos novidades

    Uso de Cookies

    Este site usa cookies para melhorar a sua experiência online. As informações detalhadas sobre o uso de cookies deste site estão disponíveis em nosso Aviso de Privacidade. Ao continuar acessando o site você concorda com a nossa política de uso de cookies.

    Mais informações aqui Sim, eu concordo