Implementação de OEE aumenta retorno sobre ativos e elimina perdas com paradas e gargalos

A implantação de um sistema de OEE dá visão de perdas por paradas de produção, atrasos, refugos e outras falhas, com possibilidade de identificação e correção em tempo real, de problemas que comprometem a rentabilidade das operações industriais

A implantação de OEE (Overall Equipment Effectiveness) evidencia as perdas causadas por paradas nas máquinas, atrasos na manutenção, erros de operadores e outros eventos no parque produtivo que acrescentam custos diretos, além de falhas em prazos e qualidade.

A implantação de OEE dá uma visão precisa de disponibilidade, desempenho e qualidade de cada equipamento do chão de fábrica, a partir de dados coletados por CLPs (controladores embarcados), sensores ou apontamentos eletrônicos. A implantação de OEE também a ajudar a identificar ineficiências no conjunto de equipamentos de um processo industrial.

Além de minimizar perdas por paradas, redução de velocidade e refugo de itens, a implantação de OEE dá base a otimizações operacionais e redução de custos da produção, a partir de indicadores sobre capacidade ociosa, afunilamento de demandas e outros dados que permitem um melhor equilíbrio na carga de trabalho, com ganhos de estabilidade e rentabilidade nas operações industriais. Em termos táticos, a implantação de OEE orienta melhorias nos processos de manutenção proativa e reativa, com direcionamento de prioridades conforme o impacto das falhas nos objetivos dos processos de produção, nos custos e nas metas de qualidade.

Em projetos de implantação de OEE em diversas indústrias, os efeitos mais comuns é redução de paradas não planejadas, melhoria dos indicadores de qualidade de processos e dos próprios itens produzidos, redução de custo de processos industriais, elevação do índice de utilização dos equipamentos (ROA, ou retorno sobre investimentos em ativos), e extensão do ciclo de vida das máquinas.

Junto aos ganhos de eficiência operacional na produção industrial, a implantação de OEE dá base à tomada de decisões a partir da visão em tempo real sobre a capacidade efetiva das máquinas e outros fatores de produção. A ferramenta também pode gerar relatórios gerenciais e estratégicos, que sinalizam as condições e as necessidades de ajustes do parque produtivo para ganhar competitividade e cumprir as metas financeiras da indústria.

Leave a Reply

X